guiaebal
Voltar
   
 
 
WOODY WOODPECKER
   
   
   
 

 

   
   
   
ÚDI-ÚDI

01 - Fevereiro de 1959
02 - Março de 1959
03 - Abril de 1959
04 - Maio de 1959
05 - Junho de 1959
         
06 - Julho de 1959
07 - Agosto de 1959
08 - Setembro de 1959
09 - Outubro de 1959
10 - Novembro de 1959
         
11 - Dezembro de 1959
12 - Janeiro de 1960
13 - Fevereiro de 1960
14 - Março de 1960
15 - Abril de 1960
         
16 - Maio de 1960
17 - Junho de 1960
18 - Julho de 1960
19 - Agosto de 1960
20 - Setembro de 1960
         
21 - Outubro de 1960
22 - Novembro de 1960
23 - Dezembro de 1960
24 - Janeiro de 1961
25 - Fevereiro de 1961
         
26 - Março de 1961
27 - Abril de 1961
28 - Maio de 1961
29 - Junho de 1961
30 - Julho de 1961
         
31 - Agosto de 1961
32 - Setembro de 1961
33 - Outubro de 1961
34 - Novembro de 1961
35 - Dezembro de 1961
         
36 - Janeiro de 1962
37 - Fevereiro de 1962
38 - Março de 1962
39 - Abril de 1962
40 - Maio de 1962
       
         
41 - Junho de 1962
42 - Julho de 1962
43 - Agosto de 1962
44 - Setembro de 1962
45 - Outubro de 1962
         
46 - Novembro de 1962
47 - Dezembro de 1962
48 - Janeiro de 1963
49 - Fevereiro de 1963
50 - Março de 1963
         
51 - Abril de 1963
52 - Maio de 1963
53 - Junho de 1963
54 - Julho de 1963
55 - Agosto de 1963
         
 
56 - Setembro de 1963
57 - Outubro de 1963
58 - Novembro de 1963
59 - Dezembro de 1963


Adolfo Aizen  
 
 
Curiosidades  
 
No Brasil o Pica-Pau não tem nenhum nome, diferente da versão original nos Estados Unidos, onde ele se chama Woody Woodpecker (que traduzido ficaria: "Woody Pica-Pau"). Mas o que poucos sabem hoje em dia, é que nos anos 1950 e 60, quando as revistas em quadrinhos do Pica-Pau chegaram ao Brasil pela EBAL, tentaram fazer uma adaptação brasileira do nome dele, chamando-o de "Údi Údi o Pica-Pau", além do "Leôncio" que se chamava "Joca", e outros personagens que tinham a tradução de seus nomes diferentes.
 
oNoticias em Quadrinhos  
 
 
MPropaganda  
 
 
By: Oscardiaco